terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

I Reunião Ordinária com a Prefeitura de Tangará - RN

Após a divulgação da situação precária e condições sub humanas em que vivem os ciganos da região de Tangará, nos reunimos hoje no gabinete da Prefeitura da cidade, onde estiveram presente a Coordenadoria Estadual de políticas de Promoção da Igualdade Racial (COEPPIR), através da Equipe Técnica (Graça Lucas e Diana), CRDH (Cândida e Darlan),Conselho Estadual de Direitos Humanos (Cleber de Souza), Pastoral dos Nômades (Dom Edson, Padre Wallace, Maria do Carmo, e Flavio José) as Lideranças Ciganas ( Diana, Antonio, Raquel e Petí), Sr. Alcimar, o Sr. Gija (pai do Prefeito) o seu secretariado (sec. Educ.;Sec. saúde,Sec. Ass. Social e de Serviços Urbanos) também dois vereadores (Câmara Municipal).

Encaminhamento dado a reunião:

Mediante negociação da prefeitura, será pedido a permissão ao dono do terreno, "o carneirinho" para levantar as barracas construídas pela prefeitura feitas de caibro e lona. em um espaço de tempo máximo de até 15 dias, segundo o pai do prefeito em caráter provisório.
para que durante a espera seja construído um projeto definitivo que acomode aproximadamente 60 famílias, tornando tangará a maior cidade cigana do estado. e ainda se comprometeu de que em 45 dias apresentará o projeto a comissão e as lideranças ciganas onde será respeitando a Cultura Cigana. 

O projeto inicial idealizado, é de uma "vila cigana", onde haverá espaço suficiente para as casas, uma capela onde homenagearemos o cigano espanhol "San Zeferino Malla", e ainda um espaço onde será utilizado para reuniões, cursos, ou interação dos ciganos.

Também foi firmado o compromisso de ser feito um levantamento p/ saber quantas famílias existem na comunidade, Quantas crianças e adolescentes estão fora da escola? Quantas pessoas não tem documentos? A Condição de sustento dessas famílias. etc.

A reunião foi bastante produtiva. Todas as entidades que se fizeram presentes se comprometeram a envidar esforços para mudar a situação aqui encontrada. Voltamos a comunidade após a reunião, e foi só festa, a comunidade feliz e contente, com olhar de esperança.
cada vez mais estou convicta que meu povo não precisa de juron, ele sabe falar e dizer o que precisa e quer. mais de 10 anos muitos visitaram, e nada foi feito, porque só tinha juron na frente, quando o povo fala, ele acerta, pq o povo sabe onde dói.

A União Cigana é feita e Composta de Ciganos, para ciganos.

Diana.

seguem as fotos:










2 comentários:

  1. parabens e penas q nao fomos convidados a esse momento historico vamos socializar vias nossas rede sociais abcos a todos
    a luta cigana e da diversidade etnico racial

    ResponderExcluir
  2. Obg Frei, infelizmente não houve tempo hábil para nada, foi uma corrida contra o tempo.
    mas nossa luta pode sim se socializar, afinal pré conceito seja étnico-racial ou religioso é o que temos em comum. somos solidários a luta de vocês também, pois a união faz a força. contem conosco. abraço amigo.

    ResponderExcluir