segunda-feira, 1 de abril de 2013

Audiencia pública na Procuradoria Geral do Estado

A UCIRN participando da Audiência |Pública á convite da Procuradoria Geral do Estado para discutirmos a questão da mortalidade neo-natal como conselheira Interlocutora do Ministério da Saúde na cultura cigana. Na ocasião, falamos o que vivemos em nosso dia a dia com relação as dificuldades enfrentadas pelos ciganos no momento do atendimento na rede básica de Saúde, diferente dos demais, nós ciganos temos especialidades em nossa cultura que aumenta a nossa vulnerabilidade no momento do atendimento por causa do pre conceito.

O efeito discriminação, é uma mola propulsora que inviabiliza a procura da rede de saúde por parte dos ciganos, deixando nossa situação ainda mais difícil, como Conselheira Interlocutora Nacional do Ministério da saúde, tenho combatido tal situação de forma incansável, desde a plenária cigana que aconteceu em Brasília a um ano atras, em 2012, que estou sempre cobrando, mostrando e pedindo as autoridades providencias e adequação da nossa cultura no quesito atendimento. Em meu discurso, relatei inúmeras situações vividas por nós ciganos no momento do atendimento.

Diana 

Seguem as fotos:






Nenhum comentário:

Postar um comentário